Campo Mourão faz novamente valer o fator casa e vence o Santo André

Texto: Eduardo Gouvea
Imagem:
 Elismar Fotografia Esportiva

Em seu segundo jogo em casa na Liga Nacional de Futsal, o Campo Mourão fez valer o fator casa e venceu o Santo André por 4 a 1, nesta terça-feira (2), na Arena UTFPR, em Campo Mourão.

A vitória fez o Carneiro terminar a segunda rodada com seis pontos, dividindo a liderança com Pato, Joinville e São Lourenço. Já a equipe do ABC segue zerada após fazer dois jogos como visitante na competição.

Carneiro melhor no primeiro tempo

O Campo Mourão iniciou o jogo melhor, trocando passes e tentando achar espaços na defesa do Santo André. O goleiro Françoar foi trabalhar pela primeira vez apenas aos 4’40, quando fechou bem o ângulo para defender o chute de Mendes.

Os paranaenses criaram uma boa chance aos 6’10, quando Tom bateu lateral para Guilherme Lima, que arriscou o chute e a bola passou perto da trave de direita de Caio. Melhor no jogo, o Carneiro finalmente abriu contagem aos 6’26. Após a cobrança do tiro de canto de Tom, Guilherme Lima bateu cruzado e desta vez acertou o alvo. A bola ainda desviou em Juninho, mas mesa deu mesmo o gol para o camisa 3.

A equipe do ABC tentou responder logo na sequência, quando aos 7’31, após cobrança de lateral, Léo Catolé chegou do fundo batendo e o goleiro Françoar se esticou todo para defender com o pé.

Com a marcação alta, o Campo Mourão dificultava a aproximação do Santo André e ainda criava boas chances de ampliar sua vantagem.

Na tentativa de achar espaços o goleiro Caio passou a jogar mais adiantado e isso criou boas situações para os paulistas, que aos 14 minutos tiveram duas chances, que pararam em Françoar. Do outro lado, o time da casa perdeu ótima chance aos 15’55, quando Selbach recebeu bom passe na esquerda, tirou do goleiro Caio e a bola caprichosamente bateu na trave.

Nos minutos finais do primeiro tempo o jogo ficou mais agitado e Françoar salvou o time paranaense de sofrer o empate aos 16’15. Depois de um passe errado na defesa, a bola sobrou para Mancini, que bateu rasteiro e o goleiro defendeu com o pé. Ele voltou a trabalhar aos 17’27, agora com as mãos, para desviar para escanteio o chute de Xaropinho, que havia feito grande jogada pessoal.  

Segundo tempo

Os times voltaram para a segunda etapa com a mesma intensidade que terminaram a primeira. Melhor para o time da casa, que ampliou aos 21’36. Thales interceptou passe no meio da quadra e tocou para Selbach, que serviu Mazzeto na esquerda. Ele limpou a marcação e bateu no canto de Caio.

Mesmo com o segundo gol, o Carneiro não diminuiu o ritmo e seguiu dominando as ações. Além do jogo na bola, o que também esquentou foi o clima entre os atletas e a arbitragem teve que distribuir alguns cartões para acalmar os ânimos.

Quando os times voltaram a se preocuparem apenas em jogar bola, o Santo André descontou aos 29’57. Após a cobrança de escanteio de Mancini, Catolé dominou no meio da quadra e tocou para Israel na entrada da área. Ele fez o pivô e bateu no canto de Françoar.

A resposta dos paranaenses também veio em jogada de bola parada, quando aos 30’10, em cobrança de falta ensaiada, Selbach rolou para Thales, que ajeitou e encheu o pé para fazer 3 a 1.

Com a boa vantagem no placar, o Campo Mourão passou a valorizar mais a posse de bola, enquanto o Santo André apostava nas jogadas rápidas de contra-ataque.

E foi assim que o time quase descontou novamente aos 32’31, quando após roubada de bola russo saiu cara a cara com Françoar e o goleiro levou a melhor. A sobra ficou com o próprio jogador do time do ABC, que arriscou nova batida e a bola foi no travessão.

Restando 6’48 para o fim, o Santo André passou a ter Léo Catolé fazendo a função de goleiro-linha. No entanto, quem marcou novamente foi o Carneiro, aos 36’42, novamente com Guilherme Lima.

Após Caio devolver um recuo, o próprio Guilherme foi mais esperto que Xaropinho, tomou a bola no meio da quadra e tocou para Mazzeto. Ele bateu de direita, o goleiro defendeu, mas a sobra voltou para o camisa 3 marcar o segundo dele na partida e decretar o placar final.

O que vem pela frente

O Campo Mourão volta a jogar no próximo sábado (6), quando sai para pegar o Jaraguá, às 18 horas, na Arena Jaraguá.

O Santo André, por sua vez, entrará em quadra na segunda-feira (8), quando terá outra parada dura, agora diante do Pato Futsal, às 19 horas, no Ginásio de Esportes Noêmia Assunção.