Com três de Charuto, Magnus se reabilita na Liga Futsal com goleada sobre o Brasília

Por: Eduardo Gouvea
Imagem: @guimansueto

Fazendo seu primeiro jogo na Arena Sorocaba, o Magnus Futsal se reabilitou na Liga Futsal ao golear o Brasília Futsal por 5 a 0, em duelo que fechou a segunda rodada da competição.

O destaque do time da casa foi Charuto, que marcou três gols, enquanto que pela equipe do Distrito Federal o grande nome foi o goleiro Kauan, que evitou que o placar fosse ainda mais dilatado.

Sorocabanos começam elétricos

O Magnus começou on fire e com quatro segundos Charuto já arriscou o chute e obrigou Kauan trabalhar. E esse seria um duelo muito comum ao longo do jogo. Antes do primeiro minuto o goleiro do Brasília defendeu outros dois chutes.

O time do Brasília demorou 3’32 segundos para chegar pela primeira vez no ataque, em um chute de Thiaguinho que o goleiro Kelvin mandou para escanteio.

Dominantes, os sorocabanos saíram na frente aos 5’13 após uma troca de passes dentro da área. Bruno recebeu na direita e tocou do outro lado para Rodrigo, que só ajeitou para Charuto chegar batendo de primeira e correr para o abraço.

O time de Sorocaba ampliou aos 10’50, quando Leandro Lino recebeu passe longo de Pepita e bateu na saída de Kauan.

O Brasília criou sua melhor chance aos 15’35, quando após cobrança de falta ensaiada, Allef soltou a bomba e fez Kelvin trabalhar. Pouco depois o goleiro do Magnus voltou a aparecer para defender com as pernas o chute cruzado de Romarinho. A resposta do time da casa veio em uma batida de Pepita, que Kauan mandou para escanteio.

Nos instantes finais do primeiro tempo, o Brasília tentou se soltar mais, porém sua defesa oferecia muitos espaços para o time da casa contra-atacar e o goleiro Kauan ia se destacando, impedindo um placar mais elástico nos 20 minutos iniciais.

Segundo tempo

No segundo tempo foi o Brasília quem começou mais ligado e fazendo o goleiro Kelvin trabalhar duas vezes no primeiro minuto. Do outro lado, Kauan seguia parando o ataque sorocabano e dessa forma a partida apresentou certo equilíbrio, o que não foi visto na primeira etapa.

Percebendo um relaxo de sua equipe, que seguia desperdiçando várias chances de gols, o técnico Ricardinho pediu tempo. Durante a parada ele foi firme com seus atletas afirmando que o jogo não estava ganho e também chamou atenção pelo fato do adversário também ter perdido boas oportunidades.

A bronca deu certo e aos 30’28 o time voltou a marcar com Charuto em uma jogada de contra-ataque. Lucas Gomes serviu Leandro Lino, que saiu na cara do gol, mas novamente o goleiro Kauan levou a melhor e defendeu. O rebote ficou com Charuto, que completou para as redes.

Depois do terceiro gol, o Magnus voltou a controlar a partida e a impressão era que o quarto gol seria questão de tempo. E ele veio aos 34’47, quando Bruninho recebeu dentro da área, dominou, fez o giro e bateu por baixo do goleiro.

Restando três minutos, o técnico Zé Marcelo pediu tempo, orientou seus jogadores a ter mais posse de bola e colocou Arthur Cabeça como goleiro-linha. Mas a tática foi logo abandonada.

Faltando 1’25, Charuto arriscou um chute de longe e o travessão impediu seu terceiro gol e o quinto do Magnus. Só que restando 13 segundos, não teve jeito e o artilheiro da noite completou seu hat-trick em chute cruzado após receber grande passe de Pepita.

O que vem pela frente

O Magnus já terá compromisso na próxima sexta-feira (5), quando encara o Blumenau, em Santa Catarina. O jogo será às 20 horas, no ginásio do SESI.

Já o Brasília jogará apenas no dia 9 (terça-feira), quando recebe o Taubaté, em confronto direto pela permanência.