Esporte Futuro abre 2 a 0, mas São Lourenço busca o empate e segue invicto na LNF

Texto: Eduardo Gouvea

São Lourenço e Esporte Futuro empataram em 2 a 2 nesta terça-feira (23), em jogo que encerrou a quarta rodada da Liga Nacional de Futsal. No duelo, realizado na Arena São Lourenço, em Santa Catarina, o time visitante chegou a abrir 2 a 0 no primeiro tempo, mas os locais arrancaram o empate na etapa complementar.

Com o resultado, o São Lourenço perdeu os 100% de aproveitamento e agora divide a liderança com Joinville, Carlos Barbosa e Praia Clube, todos com dez pontos. Já os paranaenses seguem sem vencer e estão em 21º lugar, com dois pontos.

Tática dos visitantes dá certo

O jogo começou movimentado e com poucos segundos, cada equipe já havia criado uma chance. Aos poucos as estratégias começaram a ser colocadas em prática. O Esporte Futuro se posicionou bem na defesa e os anfitriões, sem muito espaço, passaram a arriscar chutes de média e longa distância.

Quando conseguiam penetrar na defesa, o time da casa parava em Renato, como em uma jogada ocorrida aos dois minutos e meio, quando Claudinho recebeu na direita e bateu cruzado para defesa do goleiro.

O São Lourenço mantinha mais a posse, finalizava mais, porém, o Esporte Futuro era mais letal quando tinha a bola e abriu o placar aos 6’39. Feijão bloqueou o chute de Peru, ficou com a sobre e disparou em velocidade até ficar cara a cara com Serjão. Com categoria ele deu uma cavadinha para tirar do goleiro e abrir o placar para os visitantes.

Em vantagem, o time paranaense seguiu com sua tática de ficar fechado na defesa, deixando o adversário com a bola e ainda contou com um lance bizarro para marcar o segundo. Aos 14’05 Gui Canhoto e Leozin se trombarem no meio da quadra e Gabriel pegou a bola, avançou sozinho e tocou por baixo de Serjão.

Os números resumiram bem o que foi o jogo no primeiro tempo. O São Lourenço teve 53% de posse de bola e finalizou 25 vezes, sendo 13 no alvo. Já o Esporte Futuro finalizou oito vezes, seis no alvo, sendo duas dessas estufando as redes.

Segundo tempo

Os minutos iniciais da segunda etapa não foram diferentes do primeiro tempo. O São Lourenço com a bola e o Esporte Futuro se defendendo e contando com o goleiro Renato para ir segurando o placar.

Mas a reação dos catarinenses começou aos 24’34, quando Claudinho bateu falta rasteira e finalmente conseguiu descontar o placar. O empate não demorou muito e veio aos 25’33, quando Fabinho deu passe preciso para Biel, que dominou, driblou o goleiro Renato e bateu para o gol vazio.

Depois de sofrer o empate, o Esporte Futuro abandonou a tática defensiva, se soltando mais para o jogo e aí foi a vez de Serjão começar a trabalhar. O jogo ficou mais aberto, com os dois times trocando ataques. Faltando 2’57 ambas já haviam atingido o limite de cinco faltas no segundo tempo, mas ninguém conseguiu forçar a sexta para tentar o gol da vitória.

O que vem pela frente

O São Lourenço volta a jogar no próximo sábado (27), quando irá até Belo Horizonte encarar o Minas Tênis Clube, às 16h45. Um dia antes, na sexta-feira (26), o Esporte Futuro recebe o Blumenau, em Toledo.