Joinville estreia na Liga Futsal com vitória fora de casa sobre o Brasília

Embalado pelo título da Supercopa Gramado, conquistado na semana passada, o Joinville estrou com goleada na Liga Nacional de Futsal. Em Jogo realizado no SESC Ceilândia, no Distrito Federal, o time catarinense venceu o Brasília pelo placar de 5 a 2, somando seus primeiros pontos na competição.

Apesar de ser ainda a primeira rodada do campeonato, o resultado foi ruim para o time de Brasília em sua luta pela permanência na LNF. Ao final da primeira fase, as quatro piores equipes no acumulado desta e da temporada passada serão rebaixadas. Como em 2023, o time do Distrito Federal fez uma pontuação muito ruim, já fica ligado o sinal de alerta.

O jogo

O Brasília começou tentando ter mais posse de bola, porém os catarinenses não quiseram saber de muita conversa e abriram contagem logo a 1’28, depois de ganhar um escanteio de presente. Após a batida do tiro de canto, Fer Drasler chegou batendo e Vini fez o desvio no pé da trave.

O Brasília tentou responder logo em seguida, quando Fabinho bateu forte e obrigou o goleiro Matheus a fazer boa defesa.

O JEC aumentou aos 2’51, quando Eder Lima, em cobrança de falta, rolou para o meio e Ernane chegou enchendo o pé para dobrar a vantagem dos catarinenses.

Aos 4’15, o Brasília quase descontou, quando após uma bobeada da defesa do JEC, Romarinho tomou a bola e acertou o travessão.

Com a vantagem, o time visitante passou a valorizar mais a posse de bola e não era mais incisivo como era no início e isso chamou o time adversário para cima.

O Brasília descontou aos 10’35, quando Caio apertou para cima de Anjinho, tomou a bola e tocou para Romarinho. No primeiro chute Igor Costa ainda salvou, mas na segunda tentativa o camisa 91 estufou das redes.

O gol dos donos da casa deu uma acelerada no jogo e acordou o JEC, que logo na sequencia teve duas boas oportunidades, mas parou nas defesas do goleiro Kauan.

Os minutos finais do primeiro tempo foram de domínio dos visitantes, que estiveram mais perto de fazer o terceiro do que o Brasília de empatar. Aos 17’25, chute cruzado de Pedro Rei, Éder Lima completou, Kauan defendeu com o pé, a bola bateu no travessão e voltou para Éder Lima, que completou, mas a arbitragem pegou toque de mão do camisa 5 do JEC.

Segundo tempo

O time da casa voltou melhor após o intervalo, tendo boas chances de empatar, porém as coisas ficaram complicadas aos 22’07, quando Augusto deixou o braço no goleiro Matheus e recebeu cartão vermelho direto.

O JEC aproveitou bem a vantagem de ter um atleta a mais para ampliar aos 22’47. Pedro Rei recebeu de Evandro e fez o terceiro. Momentos antes, ele havia perdido uma chance incrível, acertando a trave praticamente dentro do gol.

Logo depois, o Brasília chegou com perigo quando Lucas Doido fez boa jogada, deixou os marcadores para trás e chutou para a defesa de Matheus. O goleiro quis sair jogando em velocidade, mas acabou se enrolando, Romarinho tomou a bola e bateu cruzado com perigo.

Após o susto, o JEC ampliou aos 25’29 quando Éder Lima tabelou com Henrique e marcou o quarto.

Sem ter muito o que fazer, o Brasília se lançou ao ataque, ficando exposto aos velozes contragolpes do time da casa.

Aos 31’04, Lucas Doido recuperou a bola na quadra de defesa, arrancou pelo meio, tocou na direita para Caio, que devolveu para Lucas chapar e exigir grande defesa do goleiro Pato, que entrou no decorrer do jogo.

A pressão do Brasília deu resultado e o time descontou aos 34’04, quando Arthur recebeu na direita e tocou para Lucas Doido, que deu um belo drible em Vini e bateu de fora da área, fazendo 4 a 2

Animado com a reação, o time decidiu apostar no goleiro-linha e aumentou a pressão, fazendo o goleiro do JEC trabalhar. Só que em uma das descidas, restando 30 segundos, o Joinville recuperou e Kevin bateu de sua quadra de defesa para fazer o quinto e fechar o marcador.

O que vem pela frente

As duas equipes voltam a jogar apenas no dia 2 de abril, fora de casa. O Joinville encara o Taubaté, às 19 horas, em Mogi das Cruzes, enquanto o Brasília vai até a Arena Sorocaba, encarar o Magnus, às 20 horas.