Na volta para a casa, Jaraguá quebra a invencibilidade do Campo Mourão

Texto: Eduardo Gouvea / @eduardogouveaoficial
Imagem: @paulinho_sauer

Fazendo neste sábado (6), seu primeiro jogo na Arena Jaraguá nesta Liga Nacional de Futsal, o Jaraguá quebrou a invencibilidade do Campo Mourão ao vencer os paranaenses por 3 a 1. O Jogo foi válido pela terceira rodada da competição.

O resultado fez o time catarinense chegar aos seis pontos e terminar a rodada na sétima colocação. Já os paranaenses também somam seis pontos, mas caíram para a décima colocação na tabela.

Jogo começou elétrico

Logo nos primeiros segundos, o Jaraguá tomou a posse de bola, Leco recebeu na cara do gol, mas chutou para fora.  A resposta do Campo Mourão veio no minuto seguinte, quando Thales interceptou um passe, bateu cruzado e Tom chegou dividindo com o goleiro Nicolas, mas a bola foi para fora.

Aos 4’45, foi a vez do goleiro do Campo Mourão mostrar serviço quando Nicolas lançou no fundo da quadra para Ian. Ele matou no peito e tocou para Filipe encher o pé para boa defesa de Françoar.

Percebendo o crescimento de seu adversário, o técnico André Lacerda pediu tempo para ajustar sua defesa. Mas as instruções não fizeram efeito e o time da casa seguiu empilhando chances até abrir o placar aos 7’58.  Após batida de escanteio, Bruninho surgiu livre dentro da área para finalizar e inaugurar o marcador.

Esse gol deu uma acalmada na partida, com o Jaraguá vez e outra chegando com mais perigo, enquanto que o Campo Mourão tinha dificuldades em armar jogadas de ataque.

Nicolas foi trabalhar mesmo aos 13’21, quando Thales arriscou o chute de fora da área e o goleiro do Jaraguá defendeu com o pé. Daquele momento em diante, o time visitante cresceu na partida e passou a criar boas oportunidades.

Outra grande chance do Campo Mourão veio quando restavam 3’35. Nicolas mais uma vez saiu jogando com os pés, mas Thales interceptou o passe da quadra de defesa e bateu de lá mesmo por cobertura. O goleiro teve tempo de se recuperar e voou para dar um tapa para escanteio. Na queda ele bateu com a cabeça no pé da trave.

Falando em trave, faltando 3’37, Nicolas, já recuperado, fez novo lançamento para Pedrinho na linha de fundo. Ele dominou no peito e pegou de primeira, acertando a trave. Na sequência veio a resposta do Carneiro, com Juninho escapando pelo meio e saindo cara a cara com Nicolas. O goleiro defendeu o chute e o rebote sobrou para Jhony, que mandou por cima.

O crescimento do Campo Mourão foi recompensado ainda no primeiro tempo com um belo gol de Thales. Aos 18’20, ele tocou para Juninho, que fez o pivô e devolveu para o fixo dar uma cavadinha, tirando do goleiro Nicolas.

Segundo tempo

O Campo Mourão até voltou melhor no segundo tempo, mas quem balançou as redes novamente foram os donos da casa. Aos 23’10, Felipe recebeu lançamento longo do goleiro Nicolas na esquerda, dominou e tocou para Bruninho, totalmente livre de marcação, chegar batendo de primeira do outro lado.

O Carneirão teve boa chance de novamente empatar aos 26’14, quando Tom roubou a bola de Felipe, partiu em velocidade, mas parou no goleiro Nicolas. Pouco depois foi a vez do goleiro defender em dois tempos o chute de Mazzeto. E ele ainda teve trabalho para segurar na sequência outro chute forte, agora de Jhony.

Restando pouco mais de sete minutos para o fim do jogo, o Campo Mourão já se preparava para colocar o goleiro-linha, mas antes disso sofreu novo golpe. Aos 32’38, Bruno tocou no meio para Marcenio, que achou Felipe na direita. Ele limpou a marcação e bateu no contrapé de Françoar.

Após sofrer mais um gol, o técnico do Campo Mourão Sérgio Lacerda pediu tempo e já voltou com Selbach fazendo a função de goleiro-linha, mas o time não conseguiu furar o bloqueio do adversário.

O que vem pela frente

O Jaraguá volta a jogar na próxima quarta-feira (10), novamente na Arena Jaraguá, mas pela Copa do Brasil, quando recebe o Corinthians. Pela Liga Futsal o time jogará no dia 20, contra o Pato, no Paraná.