Com belo gol de Bob, Pato estreia na LNF batendo a Assoeva no Paraná

Com um belo o gol de Bob, marcado ainda na primeira etapa, o Pato Futsal estreou com uma boa vitória na Liga Nacional de Futsal 2024. Jogando na noite deste sábado, no Ginásio Dolivar Lavarda, em Pato Branco, o time paranaense venceu a Assoeva pelo placar de 4 a 1.

Com isso, a equipe da casa já soma seus três primeiros pontos na competição, enquanto que os gaúchos estão zerados.

O jogo

A equipe da casa começou a partida tentando se impor, mas foram os gaúchos que tiveram as primeiras grandes chances. Aos 2’05, Gugu recebeu na entrada da área, deu um corte no adversário e bateu cruzado para ótima defesa de Djony. Aos 3’40 foi a vez de Da Bonja escapar pela direita, bater cruzado e a bola passar bem perto da trave.

Explorando as jogadas pelo lado esquerdo, principalmente com Duduzinho, o time da casa cresceu depois de levar esses dois sustos e a finalizar, algo que não vinha fazendo

Aos 7’05 Duduzinho deu um grande drible no marcador, deixou para trás o segundo adversário, tentou passar pelo goleiro, mas foi desarmado. Pouco depois, aos 7’24, foi a vez de Neguinho arriscar o chute de perna direita da entrada área e acertar o travessão.

Melhor no jogo, o Pato finalmente abriu o placar aos 7’51, quando após roubada de bola, Neguinho recebeu na esquerda, avançou e bateu cruzado.

Os gaúchos tentaram responder logo em seguida, quando aos 8’39, Jaime desceu pela esquerda, bateu cruzado e Pietro por muito pouco não alcançou.

Mas quem acabou marcando novamente foi o Pato, aos 9’05, com um golaço. Após uma bola estourada para frente, Bob dominou com a coxa de costas para o gol e girou batendo, mandando no ângulo.

Em desvantagem, os gaúchos foram para cima e descontaram aos 10’14, com Vini Scola. Gugu recebeu na direita, deixou Everton para trás, bateu cruzado, Djony defendeu e o ala pegou o rebote.

Aos 13’51, Duduzinho roubou a bola de Pietro e saiu na cara gol, mas Andrey fechou bem o ângulo e defendeu. Faltando 1’09 para o fim do primeiro tempo, Da Bonja recebeu de Gugu na entrada área e finalizou com força para defesa Djony defendeu. Restando cinco segundos para o cronometro zerar, foi a vez de Andrey se esticar todo para defender o chute de Neguinho.

Segundo tempo

O segundo tempo começou com Duduzinho já dando trabalho para o goleiro da Assoeva em um chute de fora da para. A pressão deu resultado e o terceiro gol saiu aos 21’53, quando Tom recebeu na esquerda, girou em cima da marcação de Da Bonja e bateu cruzado.

O Pato definiu o placar final faltando 27’09, quando em jogada ensaiada, Dudu cobrou falta, que ele mesmo havia sofrido, com perfeição e marcou o quarto dos paranaenses. A bola passou no meio da barreira.

Aos 28’10, após uma falta em cima de Neguinho, Ton, que estava no banco de reservas, reclamou muito e recebeu segundo cartão amarelo, sendo expulso.

Buscando reverter sua situação, o técnico Fernando Malafaia trocou o goleiro e colocou Robert, que tem como característica jogar bem com os pés. E ele mostrou também serviço com as mãos, defendendo um chute cara a cara de Gê. Pouco depois, o mesmo Gê fez grande jogada, deu uma caneta no adversário na lateral, passou por outros dois e bateu cruzado. A bola saiu com perigo.

Com boa vantagem o Pato passou a administrar mais a posse de bola e como a Assoeva não conseguia ser eficiente com o goleiro adiantado, o jogo ficou mais lento.

Para tentar mudar esse cenário, Malafaia decidiu apostar em Vini Scola como goleiro-linha, mas o time da casa se fechou bem, impedindo a evolução do ataque do time de Venâncio Aires e segurou o placar até o final.

O que vem pela frente

O Pato volta a jogar na próxima quinta-feira (28), novamente no Dolivar Lavarda, quando encara o Corinthians às 20 horas. Para este jogo o técnico Betinho não terá o experiente Ton, que cumprirá suspensão pela expulsão.

Já a Assoeva entrará em quadra no sábado, novamente fora de casa, quando encara Joaçaba, às 19h30.