No fechamento da primeira rodada, Cascavel vira para cima do Tubarão

No jogo que fechou a primeira rodada da Liga Nacional de Futsal, disputado nesta terça-feira (28), no Ginásio da Neve, o Cascavel Futsal chegou a estar perdendo para o Tubarão por 2 a 0, mas conseguiu virar o placar para 5 a 3. O destaque da partida foi Ernandes, que marcou três gols para a Serpente.

O primeiro gol da partida saiu aos 10’21 e foi marcado pelo time catarinense, quando Claudinho errou o passe para Ernandes e a bola sobrou para Augusto, que disparou em velocidade e encheu o pé.

O Tubarão ampliou aos 17’18, quando em jogada de contra-ataque, Murilo disparou em velocidade pelo meio e tentou o toque para Nairton, a bola bateu em Claudinho e voltou para ele. O camisa 15 tentou novamente o passe, que desta vez deu certo, e Nairton completou para o gol.

Segundo tempo

A reação do Cascavel começou no começo do segundo tempo, quando o goleiro Matheus decidiu curtir uma de artilheiro, carregou a bola até a quadra de ataque e soltou o pé para descontar.

Os visitantes voltaram a sacudir as redes aos 27’54, quando após cobrança de escanteio, Marinho arrematou de primeira de fora da área e Fernandinho apareceu no meio do caminho para balançar as redes.

Aos 31 minutos, também após jogada de escanteio, o Cascavel tornou a descontar com Ernandes batendo de primeira. Menos de um minuto depois, Ernandes voltou a aparecer para deixar tudo igual.

Restando 5’12 para o final da partida, o Cascavel passou na frente no placar, após uma bela trama de ataque. Jhony ganhou a jogada na esquerda e fez passe longo para Claudinho, que deu um tapa para Jorginho completar para as redes.

Em busca do empate o Tubarão passou jogar com o goleiro-linha, mas faltando 26 segundos para o fim, o Cascavel recuperou a bola e Ernandes bateu de sua quadra para o gol vazio, fechando a conta para os donos da casa.

Próxima rodada

O Cascavel volta a jogar no próximo sábado (1º), quando irá até Toledo encarar o Esporte Futuro. Já o Tubarão jogará na segunda-feira (3), em casa, contra o Carlos Barbosa.