Praia Clube fecha primeira rodada da Supercopa Gramado com goleada para cima da Asseova

Um dia após perder a final da Supercopa de Futsal, o Praia Clube mostrou que não se abateu e estreou na Supercopa Gramado com uma grande vitória. Jogando nesta segunda-feira (11), no Ginásio Perinão, em Gramado, o time de Uberlândia goleou a Assoeva por 4 a 0.

Com o resultado, o time mineiro divide a primeira posição do grupo B com o Atlântico, mas tem um gol a mais de saldo. Com isso, poderá garantir classificação para a segunda fase até mesmo na rodada desta terça-feira.

Já a equipe de Venâncio Aires terminou a primeira rodada zerada e precisa vencer nesta terça para não ser eliminada da disputa.

Os gols

O placar foi aberto apenas no final da primeira etapa, quando aos 17’16, após rápida descida do Praia, Rudi fez boa jogada e serviu Betinho. Ele saiu na cara do gol e tocou de primeira para Fabinho, que deu meio que de calcanhar, mandando para as redes.

Veio o segundo tempo e o Praia precisou de poucos minutos para definir sua vitória. Aos 32 segundos (ou 20’32 no agregado), Torres fez o cruzamento na área e Gilvan chegou dividindo com o adversário para desviar para as redes.

Aos 22’09, após cobrança de lateral de Bazzinho para a área, Fabinho emendou de primeira sem deixar a bola cair, marcando um golaço.

Com a desvantagem, o técnico Fernando Malafaia pediu tempo para tentar arrumar a equipe. Mas logo no primeiro lance depois da parada técnica, quando a Assoeva tinha um escanteio, o Praia recuperou a posse de bola e Gilvan desceu em velocidade pela esquerda e bateu cruzado, a bola desviou em Rafa, que marcou contra.

O restante do jogo basicamente se resumiu na Assoeva tentar pressionar e os mineiros administrarem a vantagem.

O que vem pela frente

Os times voltam à quadra já nesta terça-feira. O Praia entrará em campo às 19 horas, para encarar o Santo André Intelli. Uma vitória, combinada a um tropeço da Assoeva já o classifica para as semifinais.

O time de Venâncio Aires jogará às 21 horas, quando fará o duelo gaúcho contra o Atlântico precisando vencer para não ser eliminado.