Futsal brasileiro perde o técnico Fernando Ferretti, aos 69 anos

O futsal brasileiro sofreu uma irreparável perda. Faleceu na manhã desta quarta-feira, em Joinville, o técnico Fernando Ferretti. Ele havia completado 69 anos no último dia 26 de junho e estava internado há mais de uma semana na UTI de um hospital da cidade.

Ele sofria com problemas de rins desde 2005, que foram agravados após ter sido diagnosticado com Covid- 19 no final do ano passado.

Atualmente, ele trabalhava como coordenador da seleção brasileira de futsal e no Leoas da Serra, em Lages.

Profissional de inúmeras conquistas, foi 11 vezes campeão da Taça Brasil, conquistou cinco vezes a Liga Nacional de Futsal, cinco vezes o Sul-Americanos, oito Campeonatos Catarinenses, três Superligas, cinco Libertadores, dentre outros títulos.

Dentre os times que dirigiu, destaque para a Malwee Jaraguá, hoje apenas Jaraguá, pelo qual teve duas passagens. A primeira entre 2001 e 2010, e a segunda entre 2018 a 2019. Pelo clube ele conquistou quatro Ligas Nacionais, seis Libertadores da América, seis Taças Brasil, quatro Superligas e sete Campeonatos estaduais.

Ele também passou por outros clubes como Joinville, Magnus Sorocaba, Corinthians, Santos (pelo qual conquistou sua quinta Liga Nacional), dentre outros.

Também foi técnico da Seleção Brasileira, tendo conquistado a medalha de ouro dos Medalha de Ouro nos Jogos Pan Americanos no Rio de Janeiro. Também dirigiu as seleções do Paraguai e da Guatemala.

Mundo do futsal lamenta

Tão logo foi divulgada a notícia, a Confederação Brasileira de Futebol de Salão, o atual técnico da Seleção Brasileira, Marquinhos Xavier postaram mensagens de condolências nas redes sociais. Clubes e atletas também se manifestaram.

O ex-jogador Falcão também prestou sua homenagem. Eles trabalharam juntos durante muito tempo e nutriam uma forte ligação.